Visitantes da página

quinta-feira

AMOR ABSINTO...



Se paro pra pensar, me prendo...
Se paro para amar, não paro!
Se digo que é amor, talvez minto...
Se nada digo, entretanto, apenas leia em meus olhos e decifra o que sinto...
Se embriaga se for bom...
Uma dose a mais, nunca é demais de um amor omitido com sabor de pureza e o torpor do absinto.