Visitantes da página

sábado

Tempo, pra ser seu tempo.

Tempos verbais confusos, primeira pessoa fica no passado, todo eu de mim subjugado...sujeito, sem predicados;
Quem dera, realmente fosse verdade toda difusão que se proponha por detrás da escuridão de um olhar confuso... 
Distorção, distração, discurso de erudição obtuso...
Quem dera, algo que alguém nos desse que fosse tempo, que fosse em tempo real para ser sonho de fato e não, alento...
Coerência com os fatos, em uma terra de reinados e dialetos, diversidade descartável e predileção...
Um dia, precisando de mais horas...um dia, no qual horas fossem irrelevantes para que fossem precisas...
Prediletos, em detrimento de quem luta com suas armas de resignação;
Seleção natural, a despeito de nós segue sem perturbação a realidade que fora utopia outrora, tudo há de soar e obedecer à suposta serenidade de um boçal;
Prevalece a verdade de quem prejudica, incólume remanescente da estirpe de estúpidos que os meios, por imposição modifica...
"Sente-se e relaxe", mas observe o tempo que corre...discorre sobre um assunto sem propriedade, sequer um segundo para ler nas entrelinhas de um jornal;
Próximo da fila de iguais, vales de dimensões imensuráveis, intransponíveis que separam os mortais...
Sento-me em meu trono de consolação e sinto-me vazio...à margem de minha própria sombra;
À margem de vida, restos, sobras…ou subsistência adestrada que passa e se parece com um rio...
De lágrimas que não derramei, pois sequer para isso o tempo pára, eu sei;
Paradoxo, próximas de meus olhos, distante de meu alcance e de meus sonhos, utopia que almejava, a alma que já não disponho...
Uma quase obrigação para a qual me proponho, que me compele a dizer um muito obrigado por entre os dentes...e com um breve sorriso, seguir;
A calma que aos poucos me mata, por detrás desta máscara que esconde uma emoção que torpor não me permite sentir;
Uma voz sufocada de um pensamento que me impeça de mudar, falar, ou partir...

Um comentário:

  1. Tome mais cuidado...com teus pensamentos, com tuas palavras, com teus intentos...com teus inventos e tua "piscina, cheia de ratos."


    Por: Eu.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.