Visitantes da página

domingo

Novidade e renovação.

Todo dia, será um novo dia para se surpreender...
Um novo dia para aprender, para quem se esquece de ser dono da razão para sempre ter de ensinar, um novo dia...para algo de novo, ter;
Todos os dias serão iguais, para quem seja afeito às igualdades, para toda personificação daquilo que se julga perfeito...nada tenha a questionar, acerca de suas mentiras inabaláveis;
Toda comparação, toda necessidade de vidas sedentas...sedentárias, que esperam dos céus uma solução, sem sequer uma semente plantar neste chão...
Tudo cai por terra, de quase tudo o tempo se encarrega, o vento leva...somente saudades daquilo que não fora vida vivida em vão;
Todo dia, dia de santos ateus que não impedem a guerra...todos os dias, a sabedoria evita o olhar de quem lhe deseja a paz que não tenha, as mãos de unhas afiadas da fera;
Toda a ignorância facilmente se entretém...pensa sobre contar com eternidades, coisas fugazes, tudo o que seja quantificável e que supostamente, perdura ao permear os muros do além;
Todos os dias, uma chance para mudar...uma chance para se levantar sem despertar;
Uma oportunidade...um sistema frágil de complexidade questionável para dominar, uma vida e convicções que jamais foram suas, coisas além de alma para entregar;
Uma chance a mais para não se importar...uma chance de seguir, de cegar...
Fazer projeção de frustração...inépcia para assumir os controles, cabeças pensantes imersas nas impossibilidade que lhes imponha o egoísmo, a ilusão;
Todo dia, um raio de sol...uma nuvem cinzenta, para pessoas que passam sem vontade, para gente que suporta aquilo que já não mais aguenta;
Uma chance a mais de cair na velha armadilha...uma escolha precisa, que livra tua face, teu corpo, tua alma, daquilo que já não mais lhe caiba, não necessita;
Todo dia, um dia para entrar na dança dos normais...devorar sonhos fazendo genuflexão, aos céus a oração, no chão a hipocrisia impera desde os limites que lhe imponham a audição;
Todos os dias...celebração por uma vida salva daquilo que não queria, canibais em suas tribos vendendo caro, sua solução;
Um dia algo há de mudar, um dia desses quiçá...rompendo os elos da prisão, quebrando o gelo do peito, encontro de olhares não será desencontro por ausência de alma, coração.



3 comentários:

  1. "Quem seguro está sobre suas próprias questões...jamais semeia dúvidas na vida alheia, com discurso decorado de quem sugira a si mesmo somente, soluções."

    Por: Fernando Ordani....(filho do mundo).

    ResponderExcluir
  2. Uma chance a mais isso me faz feliz, apesar de não saber muito, sinto e muito, te ver aqui novamente, me faz caminhar. Um menino que escreve, para mim e para muitos há um recomeço e uma nova chance, se essa chance eu posso fazer parte eu quero somar e não sumir, conto comigo e para mim é grande essa felicidade porque sei do que é capaz
    Eu acredito em você. Um recomeço, não deixe morrer aquilo que faz toda diferença pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, como li de um escrito de tuas próprias mãos...também sou humano, apesar de não parecer. Também me canso, apesar de figura hercúlea...também enlouqueço, sangro, sinto dor e penso em desaparecer.
      Mas, tento não me desesperar e todo mal se dissipar, em um novo amanhecer.

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.