Visitantes da página

segunda-feira

Dama da noite.

Dama da noite, que visita meu sonho...sândalo que emana essência daquilo que queima;
Dama da noite, que perfuma vida noturna, acalma minha alma, vigia meu sono...incenso há instantes aceso, agora são cinzas de vida que teima;
Anjo estranho que se aproxima, em sussurro ao meu ouvido confia o segredo que me causa terror e me anima...
Diz coisas sobre ser breve o sofrimento, confessa a verdade que minha vaidade espera...um toque de vida na pele que nada mais sentia, se arrepia;
Diz coisas que não quero ouvir...um toque de recolher, sirenes silenciosas, flores amarelas que coisas sobre um fim, anunciam...
Olhos marejados, sorriso estranho que nosso segredo quase denuncia;
Dama da noite, que me faz adormecer...acalanto, réquiem...seja lá o que for, um alento derradeiro para uma alma a sofrer...
Noites em claro, loucura roubando a cena, toma de assalto a lucidez e me faz enlouquecer;
Flores que perfumam em uma noite especial...quando o verso perfeito, a prosa ideal...deixem o plano das idéias, fazendo florescer em coisa bela, ainda que singela, mas real;
Dardo disparado por um  cupido, faz adormecer um corpo ainda jovem...sedação, sensação de perda dos sentidos na partida, quando tudo então fará sentido...
Luz branca em um final de túnel, finalmente...
Luz alva, que sossega meus olhos, dissipa o tormento eterno de minha mente;
Dama da noite...siga a perfumar vida, enquanto o tempo se encarrega de mim lentamente...
Sutilmente, saída pela tangente...outono de folhas amarelas, crepúsculo de um cara que escreve...
Para que vida nova possa nascer como uma nova idéia do dia, para se recordar em primavera vindoura, último grão de areia para um, celebração por uma nova semente...
E que tudo possa vingar, valha para vir a ser lembrança, tal qual a essência desta dama, para perfumar eternamente.


2 comentários:

  1. Sem mais..."out for lunch", "out of order"...até mais!
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Perfuma a noite de um quintal, nasce do nada, encanta com seu cheiro, ouvi dizer que ela é noiva da madrugada...
    Só vinga na casa escolhida, e ecolhe a hora e o lugar para de seu cheiro eternizar.... uauuu menino ;)

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.