Visitantes da página

sexta-feira

Aos ilustres de vanguarda!


Ao povo de fé tão frágil, convicção tão abalável que espera mudar o mundo...
Ao povo do pênis flácido, não bebe café...consome chá, chatos em suas montanhas de livros e teorias de conspiração, ilustres vagabundos;
Senhoras frígidas que desconheçam dureza do chão que pisam, deixando para trás rastros de sujeira para que outros possam limpar...
Falam sobre coisas eróticas e esotéricas, literatura, coisa erudita...malditas mentes desocupadas com propósito de perturbar;
Senhores e senhoras, pessoas que não obedecem a um relógio sem ponteiros...indiferentes aos dias, às massas;
Idéias roubadas de páginas marcadas, arrancadas...ilustres senhores do passado, donos das palavras que proferem com propriedade de vossas bocas, metralhadoras descalibradas;
Idéias que propagam, doenças que disseminam...cancro, metástase no seio da sociedade enraizada;
Velhas escolas, nova vanguarda de conservadores...senhores mantenedores!
De reuniões em vossas salas nada há de sair senão fétido cheiro que de vossa essência exala;
Povo de fé tão frágil, convicção altamente questionável, povo assaz ilustre de verborragia admirável!
Teus modos se parecem previsíveis e premeditados, teu discurso decorado de ti discorda...prazeres que proporcionam se assemelha ao de coisa artificial, tal qual ao de boneca inflável;
Irascível, inflamável...cuidado com a ira do pseudo intelectual altamente respeitável;
Ele pode, mas não faz...talvez porque não possa, talvez critica porque consigo mesmo nunca se satisfaz...
Quer sempre um algo mais...de alguém, que não seja si mesmo, alguém que creia estar distante dos olhos, a perder-se de vista na poeira...para trás!
Pobre nobre de vanguarda...de coisas prontas ou parcialmente recicladas...
Condutas e procedimentos, marca indelével é sempre ausência ou pobreza também de argumentos...
No entanto, sabem como ninguém manusear talheres , presença certa e indevida sempre na hora marcada!
O ponto que acrescenta muda muito, emudece multidões de ignorantes teu incompreensível discurso que fala muito, mas como sempre diz impressionantes coisas sobre nada.





3 comentários:

  1. Senhoras e senhores....o clube da luluzinha!
    Solução para paz e ordem no país, país das maravilhas, país da utopia.
    Uma sugestão, sem querer ofender a condição de Vossa Senhoria...por qual motivo após o chá e prosopopéia sem fundamento, não se preocupam somente em lavar a louça, calar a boca...limpar a PIA?


    Por: Fernando Ordani.

    ResponderExcluir
  2. Um fato pra essa's ainda seria muito pouco.... sensacional \🐈/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Projeção de frustração é algo complexo, mas uma triste realidade. O "Freud" deles explica, porém creio que até ele, nisso se complica. rsrsrsrs

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.