Visitantes da página

sexta-feira

A culpa, é sempre sua.



Você precisa de carinho...da rosa, meticulosamente remove as pétalas e lhe entrega espinhos;
Precisa de pelavra amiga em teu desespero, precisa de alento, aconchego, carícia...
A pessoa afirma com veemência que te ama, mas lhe sujeita à opinião dos abutres, expõe tua vida, lhe entrega à polícia;
Mão que te balança, mas jamais te embala...mão que se pudesse, parece que faz prece para que você desapareça ou em desgraça recaia;
Precisa-se de atenção e cuidado...arrogância personificada fazendo projeção de falhas em ti, lhe oferece punição e faz sentir-se um pouco mais culpado;
Astúcia, fidúcia...falácia sobre justiça em céus ou terra, semeando aquilo que florece uma vez mais como intrigas, rosto da falsidade derrama lágrimas de alegria com a guerra;
Sabe acertar, sabe ferir onde doa...pouco se sabe sobre sua conduta, ou muito se saiba sobre sua loucura...
Viver em negação, sempre será a melhor escolha!
Faz doer, nada doa por nada ter...faz ressurgir fantasmas do passado...
Faz crer, em toda forma de inferno que seja condeção quando precisa de um pouco de piedade, anistia que sutilmente lhe queima lentamente na fogueira das vaidades...
Entrega tua carne, teu espírito...compara tua vida outrora tão preciosa, à vida dos ratos;
Em templos edificados por mãos humanas,  o diabo também há de se ajoelhar para fazer suas preces...a um senhor que sirva, serve tua vida, serve tuas vestes;
Precisa de carinho, precisa-se de compreensão!
Precisa-se de tudo aquilo que não se aprende em casa, por vezes, mas a Deus e ao destino, sou grato por terem me ensinado que liberdade tua, jamais será questão...
Em pauta de carne falha, que também seja forma mais simplória de alma, de criação;
Pobre ser sem destino, sem rumo...sem objetivos;
Pobre forma de vida que precisa de outras vidas, para encontrar em seu vil existir, um pernicioso motivo!





 

5 comentários:

  1. É por essas e outras, que ainda hei de preferir a loucura dos dóceis transgressores, que somente façam mal a si mesmos...à loucura dos loucos perigosos, falsos, paradoxo...verdadeiros!

    Por: Fernando Ordani.

    ResponderExcluir
  2. Página ilustre, radiante se torna a beleza de ler poesias com a visão da alma. Forte e rico de conteúdo, não são fora do esquadro e passa o que realmente quer. Essa é a graça de ler boas poesias, se fosse para lhe oferecer uma nota de 0 à 10 te daria a nota 9,5 para que no entanto deixasse sempre assim de tamanha perfeição. Eu não tenho críticas alguma. Isso é raro. Parabenizo pela dedicação dessa página, excelente de viagens e apreciação de uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito agradecido, caro(a) amigo(a)!
      9,5...mais que lisonjeado pelas menções elogiosas acerca do conteúdo, deste simples "cara que escreve" com a alma e limitado vocabulário.
      Sabe, é por este motivo especialmente que sempre busco melhorar, gosto de entregar aos olhos de quem leia a melhor forma breve de entretenimento, quase que diariamente.
      Um grande abraço, seja sempre bem vindo(A) por aqui!

      Excluir
    2. Perfeito e merecido menino comentário demais e mais merecido ainda mais pq vc MERECE sempre isso :)

      Excluir
    3. Somente as críticas CONSTRUTIVAS e pessoas que saibam RESPEITAR um sonho de alguém, mantém as pás do moinho se movendo...compreende?
      Obrigado.

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.