Visitantes da página

segunda-feira

Sobretudo, amar.



Amar, talvez não seja esperar sempre surpresa agradável do afável desconhecido, diariamente como quem esteja ávido por jazidas de ouro...
Talvez, seja saber lidar com falhas, talvez também seja humano e a culpa seja do destino por estragar de seus sonhos, a perfeição do teu plano.
Amar é consentimento de dois, se for amor singular... não passa de vil pretensão, ledo engano;
Lamentação de um, tormento de dois... submissão por livre escolha, aprazível e paradoxal forma de prisão;
Amor perfeito, platônico... amor ilusão;
Amor que não passe de compassivo olhar, que saiba receber e nada tenha a ofertar...
Amor, seja como for... que seja bom e salutar este exercício diário de amar...
Eu sou meu... você é sua, amor há de ser coisa nossa, algo para ser sim, tesouro particular... distinto da empatia, da arte de ao próximo somente aceitar;
De outra maneira, amor não há de durar.



2 comentários:

  1. Muito já foi dito, sobre isso talvez ainda haja muito por ser escrito...
    Deixe para a inspiração do inspirado, o verso mais bonito. Bom mesmo, será poder dizer sobre um amor deveras vivido!

    ResponderExcluir
  2. Eu sou meu... você é sua, amor há de ser coisa nossa, algo para ser sim, tesouro particular.. EI MENINO NÃO HÁ PALAVRAS PRA DEMOSTRAR ISSO... AMEI S2 I LOVE YOU...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.