Visitantes da página

domingo

Uma estrela, completa o céu.





Um céu cheio estrelas, não se diz repleto sem teu intenso brilho a destacar-se na agradável imensa escuridão, que para descanso ou inspiração se faz véu;
Imensidão transpondo olhares que não alcançam infinito, neste céu de inverno e brilhos prateados...o teu, é decerto o mais bonito;
Um céu cheio de estrelas não há de ser tão belo, não há de despertar atenção...quando tua luz que se acende e ofusca, estrela tão minha...que aos meus olhos busca...
Olhares ávidos nesta incessante busca, acalma coração...bate manso quando tua magnânima presença de esplendor, às demais sem querer assusta;
Resplandecer em ti agora, deste brilho de olhar tão humano...certeza tão incerta sobre ar de tua graça, certeza no céu a brilhar em um mundo de tantos enganos;
Céu é imensidão...azul ou escura, contudo sem esta estrela distinta cor de prata, sem estrela máxima dourada de fulgor em seu azul ou escuridão em alternância que se faça, céu...há de ser imensidão de nada;
Estrela sutilmente surgindo, rasgando o véu, estrela tão minha...inspirando e fazendo suspirar corações afeitos às coisas sublimes do céu...
Estrela, que para mim brilha...também para outros há de brilhar, és rainha que me faça esquecer dores de sobre um chão de concreto e entre seres sem essência, tão indiferentes...caminhar;
Estrela, tributos a ti devo pagar, no céu se acende para que em minha solidão...por tempo determinado que seja irromper de aurora, possamos nos envolver neste doce e distante flertar;
Estrela...como é bom coisas por ti sentir, coisas que carne jamais há de compreender nesta condição tão humana e sensorial somente ao toque, para se compreender sobre  o que seja deveras amar...
Hoje, não te vejo, contento-me com um sorriso sem graça com este céu apenas belo, permanecer neste longínquo esquecido lugar a contemplar...
Te espero amanhã, ainda que amanhã...seja o último dia nesta terra  ingrata, repleta de ingratidão, que seja meu último ímpeto involuntário e vital de respirar.


                                                                                                
     

3 comentários:

  1. Bate coração, bata por este céu que espera pela estrela tão sua, para se completar...bate coração, ainda que bater signifique esperar e jamais novamente vê-la brilhar, ainda que seja bater em seu último dia nesta terra de ingratidão...a respirar.

    ResponderExcluir
  2. Um céu cheio estrelas, não se diz repleto sem teu intenso brilho a destacar-se na agradável imensa escuridão, que para descanso ou inspiração se faz véu;

    MEU DEUS.... menino o que posso dizer? Perfeito, obra e a cada dia que passa está mas difícil de dizer qual é o melhor texto, demais amei amei ameiiiii :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. perfeição está no céu...será, o céu...se tiver, a "estrela"!

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.