Visitantes da página

sexta-feira

Quisera eu, pudera eu.



Quero ser mudo por um segundo, gostaria de calar o mundo...pretensão, gostaria que poesia ou prosa falassem por mim;
Mas não sou poeta, sou falha forma de escritor...falho em expressar até mesmo súbita autopiedade que sinta tão forte assim;
Gostaria de calar, porém mundo pede por minha voz...fingindo querer escutar;
Queria um dia desses me calar, mas mudo não posso permanecer...
Digo palavras até mesmo agradáveis, até mesmo quando ódio seja sentimento que em meu peito venha a imperar...me fazendo assim trêmula forma de ser covarde a empalidecer;
Gostaria de emudecer, mas sequer posso me mudar...gostaria de saber escrever, pois não consigo devidamente me expressar;
Digo ser livre, mas sou contrassenso quando pareço não poder me ver livre sequer...de perniciosas raízes;
Gostaria de ser além de filial, gostaria de ter a atenção das matrizes...
Porém, sou pequeno por demais, sou menor ainda que a voz voraz do algoz distante ou próximo, deixe por ser dito em palavras propositalmente infelizes;
Gostaria, mas querer em meu caso jamais foi poder...gostaria de por mim mesmo ter feito as melhores escolhas, gostaria eu de regressar ao passado para no presente...tudo da mesma forma, retornar a ver;
Sou patético, palhaço personificado e não maquiado...completo parvo, inútil forma de fraco humano, em um "quase" ser...
Sou patético, tento soar poético...tentei salvar vidas, caminhei entre leprosos e nada consegui senão tornar-me uma proeminente forma de ignóbil morfético;
Gostaria...mas, para toda sorte de infeliz infortúnio, a vida parece ter me trazido à tona para padecer; 
Seria mesmo eu talvez, um ingrato ser a me queixar...contudo, ninguém que não sejam paredes se dispõem a saber sem antes criticar, sobre a dor que me faz esta forma remanescente de remendos a sobreviver.




Um comentário:

  1. Soa melancólico...dane-se, mas é o que pede o momento. Cale-se se não tenha nada a acrescentar ou se não se interessa...cale-se, se não lhe soa interessante somente aquilo que sejam teus próprios anseios e lhe perturbe ou satisfaça por dentro.
    Guarde opiniões, para si mesmo...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.