Visitantes da página

quinta-feira

Mar de rosa...é prosa!



Vidas não são mares de rosas, mas vidas parecem se machucar na imensidão azul de água com espinhos;
Se fosse feita de rosas, ao menos, se saberia do perigo...talvez nela pudesse se deitar sem risco de se afogar, ao sabor não do acaso...mas, de um bom vinho;
Vidas não são rosas, mas rosas serão versos...versos serão alento, quando saborear insípida por demais toda prosa;
Inócua, inodora...rosa seja mar, ocultando sob um azul de tom escuro...tom prenúncio de perigos em profundidades onde seja melhor não se arriscar;
Se agita, a vida que seja rosa mar com espinho fere a carne, epiderme risca;
Se é plácida pode demais no longínquo de lados idênticos, iguais...cuidado, há de ser momento para se fortalecer e se precaver contra iminência da incerta chegada de temporais;
Não é mar de rosas...todavia, não deveria ser mar rubro sangue...
Sangue que se sua, pressão que extenua, eufemismo de entusiastas que sobre vida nada saibam...não atenua;
Rubro na face, vergonha por em um mar de animais se submeter, diariamente humilhar-se;
Vidas e mares, lugares para dormir que já não tragam paz, mas sejam apenas pretensão ao se chamar por lares;
Vida pede para acordar, corpo pede para dormir...vida pede passagem para existir, mundo resiste contra vida para esta sufocar e convertê-la em mero subsistir;
Vida, um dia há de acordar quando for tua hora para teu tão particular sol raiar...
Vida, definitivamente não é mar de rosas...quiçá seja compreensível então, além de um mero ímpeto involuntário em seu primeiro despertar, um mar...
De lágrimas a chorar, quase que cientes, embora inocentes...que a este mundo, tudo o que seja vida seja trazida, há se assim ser para em um mar de espinhos penar!





2 comentários:

  1. Vidas não se comparam, mas de certo modo neste caso...se "equiparam".
    Realmente não é um mar de rosas, muito mais para um lugar sujo e cruel que te coloque de joelhos...(Rocky Balboa)

    ResponderExcluir
  2. Vidas não são rosas, mas rosas serão versos...versos serão alento, quando saborear insípida por demais toda prosa;
    Genial, perfeito meu deus que lindoooooo um melhor que o outro.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.