Visitantes da página

segunda-feira

Pânico!!!

Pânico...salve-se quem puder, salve-me se puder!
Parestesia...olhares outrora divagando, agora perdidos em desespero e agonia;
Mãos...pernas, formigas??? Respiração subitamente curta...coisa súbita, ofegante a me desesperar;
Sufoco, sufoco...onde está meu ar?
Roupas me apertam, mundos em conflito...estaria eu a infartar??
Sem palavras, ou muitas palavras...cale-se! Não consigo pensar...
Minha mente em devaneios, passos a titubear...visão turva, ateu dá adeus...pede a Deus para sua alma salvar;
Cigarro se acende...mãos trêmulas, descompasso, descoordenado, nada parece adiantar;
Deixe-me em paz, não que toque...mas, não saia, não me deixe aqui neste excruciante agonizar;
Pânico...sirenes intermitentes ouço à distância, quase que perdendo os sentidos, por mim a gritar;
Pessoas de branco...seriam médicos, seriam anjos?
Trariam solução para uma vida por um fio, suando assim tão frio...a agonizar!?
Sedativo intravenoso...mas, espere!
Não sou louco...recuso esta ultrajante forma de meu infarto quase que fulminante tratar;
Remédio errado...dou...tor....não.....es-tá....a...me.........escutaaar?
Acordado, transtornado....que diabos me acometeu, quem me trouxe a este lugar?
Relaxa amigo, não era pressão que não fosse atmosférica ou social sobre ti a ser intensamente exercida, quem com este quadro viesse culminar;
Não era, deveras...nada, era somente pânico, perdão a vergonha foi toda sua...
Retorne à sua casa são e salvo, retorne com este receituário de paz de cor azul...a hóstia dos infiéis, amigo destas horas difíceis que há de lhe controlar;
Não...jamais disse que é louco...é apenas mais um nesta insanidade que se faz mundo, a sucumbir e não suportar;
Em caso de novos sintomas de "infarto", não hesite em prontamente esta solução em dose de comprimido, tomar;
Não se importe com o amanhã...atente-se tão somente às dosagens e aos rótulos, rótulos não irão lhe faltar. 




4 comentários:

  1. Esteja atento agora aos "rótulos"...para toda dose de loucura que e engula, miligramas em forma de suposta solução, não hão de faltar!

    ResponderExcluir
  2. O duro e ter um problema desse e pessoas não entender e te rotular de louco , preconceito tem por todos lados, egoísmo fala sempre mais alto ...
    Senti como se estivesse na mesma situação. Conseguiu passar esse terrivel e triste problema ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas não importam...ou, não deveriam importar, quando o maior problema em questão ou a PESSOA que necessita de atenção, se reflita aflita no espelho.
      "Dores só deixarão de ser frescuras, quando alguém torça o próprio joelho", capiche?
      Respeito...era o mínimo que deveria existir. Quando "frescuras" viram tragédias em páginas policiais, ninguém consegue entender....rs.

      Excluir
  3. Pessoas, pessoas e pessoas... quem dirá que não ira precisar então, conservar sempre quem um dia estender a mão.

    ResponderExcluir