Visitantes da página

terça-feira

Bela adormecida.

 Joguei as mais belas sementes, em um ato desanimado como talvez não deveria;
Cresceram as mais belas margaridas, lindas e delicadas como já se previa;
Levei vida em vaso, flores onde vida já não mais havia;
Lá repousa minha saudade, lá repousa em eternidade...aquela que felicidade trazia, enquanto me distraía;
Traía...coração que por ela pulsava, olhos malditos que como única não a viam;
Repousa e agora desta ilusão de amor nada resta, dava-me aquela incômoda certeza de que punição...há de ser restar vivo, para sofrer em longevidade aquele que não presta;
Acendi por ela uma vela, derramei poucas lágrimas cheias de minha amargura, não sei se somente por ela...não sei se também por minha culpa;
Parco iluminar de chama, crepitante como o ardor de minha alma que por punição divina imposta, agora sofria;
Deixei então flores, junto a uma breve oração por aquela que ali, memória em uma placa apenas se fazia;
Fora doce em vida, fora perfeição divina que não soube amar e talvez por isso, Deus...de volta a queria;
Levar amor verdadeiro a quem não conhecia, levar ternura de braços incondicionais...àquela que na terra, não os tinha;
Deus, faça por ela aquilo que em minha estupidez, altivez em vida, eu me esquecia;
Vou-me embora, já se faz hora neste róseo crepúsculo que me remeta à toda sorte do infortúnio...desta vida em melancolia;
Vou-me embora...a me esperar, há de restar somente arrependimento de uma casa fria e uma cama vazia;
Nela, repousaram várias, aqui para sempre repousa quem com um último aceno eu deixo...aquela que, em verdade, eu queria;
Estúpido coração...não sabia conviver com mente amaldiçoada por perversão, não sabia nada sobre abstração do indevido, sobre harmonia;
Saudades somente restam agora, sob aquele vaso repousa perfeição...sob frágeis e delicadas margaridas;
Eras tal qual a flor, minha estimada...minha amada, que não soube fazer deveras minha única e querida;
Eras outrora a flor que hoje trago...és agora, saudades de beleza que dói no meu peito;
Beleza...adormecida.






6 comentários:

  1. Descanse agora, enquanto sigo chorando minha eterna angústia que há de perdurar por toda uma vida.
    Encontre a paz que, enquanto esteve em minhas mãos...não sou lhe dar, minha amada por mim esquecida.
    Repousa, onde repousa agora as flores...Deus lhe receba e lhe ofereça braços eternos e amores, minha bela adormecida.

    ResponderExcluir
  2. Adormeceu, o sol não raiou.
    Ela então não acordou, sorriso ali no rosto então se transformava em lagrimas, acordado não sentindo nada, nada além de muita dor, cada lembrança uma lagrima em cada lagrima uma lembrança, como suportar? ou não consegui suportar. Vivo para se lembrar do quanto era especial? O céus porque justo eu...
    Tempestade que não era passageira, errado ou certo, só eu sei o tamanho de minha dor, não eu não vou dizer adeus, DEUS, amanheceu vi que era real e o desespero tomou cona pois a dor era bem maior que um simples pesadelo a bela adormeceu.....


    MEU DEUS NÃO HÁ MAIS O QUE DIZER, VOCÊ É f$d@

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É minha querida, estimada...meu ANJO, Joice Martins....juntos, há pouco mais de um ano atrás, você viu várias coisas que eu tinha escrito, várias que eu tinha amassado ou perdido.
      O que dizer? VAMOS BRINCAR???
      Sim, vamos...este pequeno espaço foi para TODOS nós, eu, você e raros, porém caros amigos.
      Vejo tua evolução, comentários cada vez mais precisos, palavras que são escritas pelo teu coração.
      Sementes foram semeadas, o vento as espalha....palavras, não foram tal como sementes, semeadas em vão.
      "Altaneira"...amanhã, o último dia deste nosso espaço de glórias!
      Amanhã...Altaneira, resulta das sementes que até aqui plantamos e muito embora ninguém se importe, para nós ela tem significado de vitória!
      Muito obrigado, minha SPECIAL!

      Excluir
    2. não era pra me fazer chorar uma hora dessas.... vc e meu orgulho menino

      Excluir
  3. Tu escreve muito bem, adorei os textos, parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito agradecido Luana :).
      Seja sempre bem-vinda por aqui!
      Abraço!

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.