Visitantes da página

quinta-feira

Sem teu sorriso, não brilha o Sol.

Raiou o dia, mas...espere!
Nasceu assim cinza, não saiu no céu o sol que você queria;
Entristeceu o semblante, saiu soturno e titubeante...por trás do cinza, era sol que se escondia;
Ceticismo com a vida, misticismos e superstições...não havia de ser cinza, justo aquele dia!
Esperava pelo sol, enquanto em seu perturbado sono de expectativas, adormecia;
A lua cumpriu seu papel naquela noite, levantou-se acreditando que o sol lhe traía;
Pouca confiança ao não ver em um céu, reflexo do mar;
Pouca confiança ao não ver realmente raios daquela estrela incandescente, que justificasse ao menos o chamado "raiar";
Eram sete da manhã, pouco se recorda ou pouco para se recordar de dias estranhos assim, permaneceria;
Esperar teu filho nascer durante nove meses...recebê-lo reticente pela cor dos olhos diferentes daquela que queria;
Ainda será teu filho que nasce, embora não seja o filho que desejasse...era vida, surpresa mais linda que a natureza para um ingrato trazia;
Pensou então sobre a questão do filho por um instante, após um café...desfez-se aquela carranca daquele mesmo semblante;
O sol estava ali, somente não aparecia...
Seu filho poderia nascer com olhos diferentes, mas surpreender sendo algo além de si mesmo, alguém que humanas expectativas...transcendia;
O dia amanheceu, ele estava vivo para contemplar, para fazer o sol ainda preguiçoso e escondido...juntamente a si mesmo nesta singular oportunidade, brilhar;
Sorria então...pois, logo chegou a conclusão que sem seu sorriso quem se punha reticente o seria o sol;
E com este sorriso franco, por entre nuvens de chumbo que rasgava...lentamente, o SOL que esperava despontava e para si, também sorria. 


E ENTÃO...EIS QUEM SURGE COM SEU SORRISO!




3 comentários:

  1. Smile...though you fake it..smile even if your heart is breaking...(Chaplin).

    ResponderExcluir
  2. Oh meu Deus. Agora entendo quando diz que a poesia sai de uma forma surreal, e aproveitando para lhe dar bom dia sorria meu menino pois sem seu sorriso não ha de brilhar o dia :) e aqui do outro lado alguém torce para ver o que mais lhe agrada que és um sorriso seu......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a IDÉIA, por si somente escreve por mim. Sou somente, as mãos devidamente guiadas.
      Valeu, menina!

      Excluir