Visitantes da página

segunda-feira

O amor mais bonito.



Amor mais colorido há de ser aquele pintado em telas...amor eterno em um quadro, preso e sem vida para ser vivido;
Amar parado...amar que seja na cama, amar que seja pretensão ao segurar uma rosa esperando por um amor, para ser amado;
Amor virtual...não compreendo, me parece fria forma de ser amar, não se parece platônico...mas, doentio e esquisito;
Porém, danem-se meus conceitos...se é amor verdadeiro, há de ser válido e há de ser perfeito;
Para ser assim dedicado, distante separado por telas onde aquilo que se queira tocar, esteja como em vitrine indevidamente protegido por um vidro;
Amor pele e carne, amor que devora formando um somente em perfeita simbiose, amor que com tempero de paixão, amor carnal...amor delito, proibido!
Amor mais belo para ser somente utópico, amor mais humano para jamais ser infinito;
Paradoxos de amar, se é ideal permanece como idéia e quando se faz experiência...se converte em lágrimas de um ou dois, para se lamentar;
Sobre amor muito já foi dito, por "caras que escrevem"...pelos grãos de areia que componham todos nós, pelas pedras no mar testemunhando amor, juntas e a sós...
Por poetas de carne, poetas iguais, mas por detalhes, distintos...
Poesia por um dia, que há de habitar no coração de quem já se permitiu amar, ao menos por um dia;
Amor mais lindo deverá ser aquele intensamente vivido...ainda que em sonho, melhor se em realidade;
Amor sem impor condições, amor de verdade...amor mais belo, será digno de ser amor que transcenda limites da eternidade!





Um comentário:

  1. A vida segue, mas eu nisso tudo, não mais com ela sigo.
    Falar de amor, sentindo que você jamais fizera falta alguma...falar de amor, para amáveis cretinos.
    Adeus, verdadeiros amigos, parabéns a todos os inimigos.
    Última publicação deste palhaço...nada mais além disso, consigo.

    ResponderExcluir