Visitantes da página

segunda-feira

Alma cigana.

Conjurando em desespero pouco aparente, coisas que jamais deveria se conjurar;
Maledicências e contradições, mentes confusas transformando em simples moradia, destituindo da qualidade de lar;
Desejo de ficar, desejo de se estabelecer e independência, finalmente afirmar;
Desejo estranho de retornar, temor natural pelo desconhecido...pelo estranho presságio da iminência de tudo falhar;
Conflito em mente outrora sadia, agora lentamente enlouquecida...antevisão realista ou pessimista, coisas que não dependam de simples ponto de vista, maldita;
Orando e perdão a pedir após a alma perder, ajoelhado sob solo de concreto fitando o azul vazio do céu a suplicar;
Orando por perdão após tanto perder e duvida, após anjos e demônios conjurar e sua própria vida...nas mãos do acaso quase que totalmente, entregar;
Entre miragens e realidade que se faça paisagem, o ser então se pega a ponderar;
Entre costas floridas ou sobre frias colinas...em um deserto, ou uma ilha quiçá, estaria seu lugar;
Não se sabe, jamais se saberá...tu falhaste quando na vibração de todo acaso decidiu como pluma, pairar;
Falhaste, quando decidira que o vento, solto ao léu, ao relento...seria seu lugar;
Quando um coração nômade necessita sucessivamente por um local procurar, talvez o mundo jamais seja suficiente para que se estabeleça um lar;
Quando o corpo ou a alma urge, quando a necessidade tão necessária constante surge...
É novamente hora de se contradizer e orar ou conjurar...construir ou destruir, simplesmente para seguir com passos errantes rumo a uma nova aventura;
Rumando para sua própria e estranha necessidade de sempre edificar para descartar, afirmando com veemência necessitar de aconchego perene...
Supondo que saiba o que seja além de passageira paixão e definitivo amar;
Supondo que saiba o real sentido em se doar...ou, simplesmente assumir tua alma cigana e que lhe apraz ver diante dos olhos, pessoas e lugares passando para jamais ficar. 




Um comentário:

  1. Ótimo texto, com sentido e razão para uma boa reflexão :)

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.