Visitantes da página

sexta-feira

Possessividade...é contigo.






Consigo aquilo que está comigo, embora por vezes, invejo com boa inveja...aquilo que está contigo;
Consigo está perene graça, comigo parece ter permanecido essência de desgraça;
Contigo é contagiante o perfume natural que inebria quando passa;
Comigo, é cheiro de suor e desagradável odor de hormônios que resultam do pouco que eu consiga...sempre na raça;
Consigo, aquilo que por pouco tempo me agrada e em pouco tempo, perderá sua graça;
Assim como espelho...assim como para mim, imagem daquilo que caminha comigo seja projeção e ali se faça;
Talvez a razão seja sorte, talvez seja eu mesmo um ser insípido e sem graça;
Talvez, a sorte tenha estado consigo desde o berço, talvez tudo aquilo que me recaia, não seja nada além do que mereço;
Comigo e consigo....a paz que perdi pelo caminho e busco incessantemente, parece ter ficado contigo;
A vida é luta, e a lutando nem sempre é sinônimo de que consigo;
Há pessoas ou ventos que lutam em seu favor e parecem lutar consigo...
Há muito mais coisas e também pessoas, que quando parece estar em um emaranhado lutando para não sucumbir, sufocado e assaz combalido...
Parecem alegrar-se em não medir esforços para lutar contra ti...e se parecerá tão eficaz essa nefasta sinergia que se faça discreta. de modo sutilmente contido...





Um comentário:

  1. Liberte os pássaros, se realmente afirma assim os amar...pássaros em cativeiros, não serão objetos para lhe entreter...
    Serão seres vivos, que perderam toda a alegria de cantar e viver.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.