Visitantes da página

sábado

Corações perfeitos, coração defeito.





Um coração tão perfeito e falho por sua condição, jamais deveria bater sem um motivo;
Uma folha que caia, uma lágrima dos olhos insista em escorrer pelos olhos e ao semblante mais austero, traia...ambos, tão sozinhos, só encontrarão chão como consolo ou ombro amigo;
Coração não bate somente para de formas de vida imperfeitas fazer manutenção, pois sendo assim não se sentiria neste tudo o que se parece certo ou errado...tudo que preceda pensamentos, mágoa ou aflição;
Não deveria bater então, se faz tão somente assim para doer;
Deveria então, ser mero mantenedor...daquilo que faz respirar, seres robóticos e cada vez menos humanos, incapazes de sentir o que seja compaixão ou dor;
Coração, por favor...se não for para ser auxiliar que, a uma mente já tão perturbada não possa ser ao menos um bom auxiliar;
Faça por uma vez, seu intermitente e incessante bater, cessar;
Não desejo meu pouco juízo perder, por sempre a ti escutar;
Não desejo sofrer, por insistir em mãos erradas lhe confiar;
Não desejo mais saber...desejo simplesmente seguir e ignorar;
Quando não faz mais sentido, quando tudo já é por demais cicatriz, cinza...e se veja diante dos olhos um mundo cada vez menos colorido...
Não desejo mais que seja sequer fagulha que acenda uma suposta inteligência emocional que me faça por ti, versar;
Não desejo nunca mais, coração...seu bater estúpido escutar;
Quando, até o presente momento, em minha estúpida mente jamais compreendi seu propósito ou o que fosse um real e incondicional amar, sem no entanto, me machucar.





4 comentários:

  1. "Faça por uma vez, seu intermitente e incessante bater, cessar. Não desejo meu pouco juízo perder, por sempre a ti escutar...."

    ResponderExcluir
  2. Uau.... coração, quem muito escuta as vozes perde também a razão e a condição de um viver bem para nos mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Não escutar somente a voz do coração, porquê ele também pode errar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A voz do coração, muitas vezes é a mais estúpida...e realmente, não deveria ser ouvida em algumas circunstâncias.

      Excluir