Visitantes da página

quarta-feira

Triste ser passional.

Gostaria eu de permanecer sempre impassível, porém isso se parece assim tão impossível;
Gostaria eu de ser como os demais, de não consternar-me constantemente com coisas tidas como triviais...gostaria, de ser como meros animais;
Amar, talvez a si mesmo, seria aprender a detestar um pouco mais aqueles que atentam contra ti mesmo;
Amar me mantém com ar de graça, algum sorriso faceiro...amar, me deixa desprevenido para toda sorte de desgraça que chega, como mal sorrateiro;
Ódio...contrapondo-se ao amor, ódio resultante de frustração e sentado face a face...fitando com extrema seriedade os olhos deste sentimento, que tanto me causa dor;
Não serei egoísta ao apropriar-me de toda forma de amor, sequer pretensioso para reclamar qualquer forma subsequente e sempre, tão iminente, de dor;
Não serei eu um entusiasta fervoroso, entretanto, de qualquer embriaguez passional quando imerso na hipocrisia de um mundo egoísta, sentimento é frivolidade banal;
Mundo pouco razoável clama por sua razão...distorce fatos, aniquila seu ser, todavia lhe quer racional;
Mundo...com tempero estranho que desgosto traz ao paladar...
Ao tentar, toda forma de ódio devidamente travestido...por trás de olhos de falsa compaixão, ocultar;
Entre o amor e o odiar, hei de preferir uma face falsamente austera...a uma outra, derrotada de desilusão que demonstre fraqueza ao meu afável inimigo, meu triste lamentar;
Hei de preferir uma pequena dose de ódio, mas jamais aquela que seja para cegar....tão somente, para poder pensar;
Hei de rejeitar o amor que se pareça com pena, hei de detestar quem me diga quando sentado na sarjeta que para isto haverá um propósito e que viver, ainda valha a pena;
Levanto-me, ainda que por este simples levantar para seguir...sem saber ao certo por onde caminhar, me arrependa;
Hei de preferir odiar, pois um pouco de ódio...fará com que você mesmo de seu jeito faça, ainda que sua consciência por este fato, se arrependa;
Amor catatônico...ódio, movimenta! 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.