Visitantes da página

sábado

Amor por inteiro, amor verdadeiro.




Nasci para viver um amor por inteiro, um amor com jeito de mentira...mas, que seja amor deveras verdadeiro; 

Decerto haverá intrigas, decerto...não será sempre agradável e lisonjeiro; 

Agradável porém, será ponto de vista e que laços perniciosos de intriga, venham a se desatar na verdade de um singelo beijo; 

Que verdade neste sempre haja, verdade suficiente para ser amor por inteiro; 

Que não seja passageiro, mas perdure com as estações...que faça aniversários que mereçam ser comemorados e não suportados, de janeiro à janeiro; 

Nasci...para ser mais que mera metade, nasci para ser completo com alguém que me faça inteiro; 

Sonhei um dia com sua imagem, realidade se fez do esboço de sua face que, ainda criança...pedi para que fosse não somente abstrato, mas verdadeiro; 

Privilegiado sou, por jamais ter de sonhar por uma vida inteira por algo ideal que se espera com impaciência por se concretizar; 

Grato vivo, de infeliz sorte no destino que um dia fez com que me descobrisse e até o presente e o para sempre, lhe trouxe para ser comigo;

 Nasci e vivi aventuras com jeito de desventuras, mas sabia que tudo aquilo era fútil demais para perdurar e deveria ser passageiro; 

Sabia, que havia nascido para algo diferente...sabia, sem esperar, que nasci para viver um amor...verdadeiro!





Um comentário:

  1. Nasci e vivi aventuras com jeito de desventuras, mas sabia que tudo aquilo era fútil demais para perdurar e deveria ser passageiro;
    Sabia, que havia nascido para algo diferente...sabia, sem esperar, que nasci para viver um amor...verdadeiro!
    SIMPLESMENTE PERFEITOOOOOO...

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.