Visitantes da página

quarta-feira

Rumo? Simplesmente andar..

Andar, por assim o fazer...por jamais desistir do ato natural de adiante seguir, 
simplesmente caminhar;


Andar...por superfícies planas onde pareça plainar, deslizar, onde pedras não hajam para tropeçar;
Caminhar; pelo simples fato da próxima estação onde irei reabastecer, de tristeza ou de emoção...com meu combustível me locomovo, com eventuais percalços já não sofro;
Aquele que anda pela superfície plana, não mais se importa com as pedras, pois em um patamar mais elevado, depois de tanto tropeçar...nelas aprende apenas a seu mais cauto, 
apenas observar e a alguns, talvez ensinar; 
Da minha sanidade já me despi, na nudez, já caminhei...entre mortos e feridos sobrevivi e a loucura, esta perigosa dama, já cortejei; 
Das máscaras que vestia me livrei, não digo que completo equilíbrio encontrei;
Simplesmente...encontrei um caminho, com mais rosas para apreciar e seu aroma apreciar do que espinhos; 
Simplesmente caminho...sem motivo aparente, por assim seguir adiante. Como há de voar seguindo seus instintos e sua cautela...o passarinho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.