Visitantes da página

terça-feira

Quem bate é a felicidade...estou aqui fora!


 
É esperada a hora, a hora esperada há de chegar em um momento ou um lugar qualquer;
Há de chegar, cedo ou ao mais tardar a tal hora, seja para um homem ou seja para uma mulher;
Quando o momento chega, o mundo que passivamente ao seu favor ou contra ti conspira, de repente estará em suas mãos, de repente, ganha-se de presente sua vida;
Ninguém mais por ti necessitará fazer sequer um favor...ninguém contra ti, há de sequer importar ou eventualmente se opor;
A inércia que te impede de à frente caminhar, é simplesmente por sentado se pôr a tudo aguardar ou simplesmente, pela direção que venha a optar;
Confiança é questão intrínseca, não haverá de perder se obedecer ao chamado quando a hora chegar...e não haverá a incessante necessidade de sempre se provar, de algo que é somente seu ganhar ou recuperar;
A hora é somente sua, assim como o humano há de ser imprevisível e variável;
Ninguém por você deverá escolher, assim por conta, por assim dever ser desde o dia de sua concepção, tudo tornar-se-há mais maleável;
Passará a sentir menos o peso dos pesares que em carrega por escolha ou por pressão, quando de todos os pesos se desfazer e deixá-los na estrada, agonizado ao sol em um cruel chão;
Quando for chegada a hora, ninguém deverá te conceder aquilo que é seu ou demandar por quaisquer coisas, coisas como o seu próprio respeito;
Quando a hora em sua porta bater e você abrir, passará a dar valor somente a coisas que venham em sua vida agregar ou quiçá, salvar...libertar. Passará a ser um pouco egoísta a se preocupar mais com aquilo que ostenta e bate em seu peito;
Chegado o momento, momento que você fará o que jamais no passado tivera feito, onde necessidade de contendas ou lutas que não te conduziram a nenhum lugar, você irá necessitar;
Cada qual terá seu tempo, mas este há de chegar tão certo quanto o dia irá raiar ou o vento persistirá em soprar;
A direção deste, você será capaz de mudar...como uma criança que passa a brincar e não ser mais o brinquedo, da situação você haverá de tomar rédeas e se apossar;
Nada deverá ser tão mais pesaroso como outrora, quando você resolver se libertar daquilo que te prende dentro, quando há vida para se viver lá fora;
Quando for chegada sua hora...conceda-me licença, pois neste exato minuto sinto, que minha hora é agora!

ATENDI AO CHAMANDO, AQUI PARA QUEM POR MIM FAZIA, OU COISAS POR MIM, EM SUA PRETENSÂO DIZIA....FICA À VOCÊS, ESTE DELICADO GESTO, PARA A MINHA ALEGRIA.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.