Visitantes da página

terça-feira

Olhares...


Olhos que me observam, olhos que por todos os lados me cercam;
O que em mim procurariam, o que a estes olhos interessam?
Olhos e olhares na multidão, em mim parecem se convergir em raros momento de minha aparição;
Seria tudo isso real...seria talvez, objeto de minha imaginação?
Olhos que me vêem, não sei o que em mim enxergam. Olhos que bendizem, olhos que desejam...te julgam ou te cegam;
Para mim sempre foram interessantes os olhares, espelho da alma sempre vívidos...soturnos ou sagazes;
Não necessitam de um rosto, não necessitam de um nome...alguns completam um corpo, alguns, são singulares e curiosos para serem o todo de um ser;


Em seu olhar, está aquilo que para ti representa por instantes o meu ser. Em meu olhar...permanece sempre a incógnita, de tentar dos demais, decifrar aquilo que jamais irei saber.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.