Visitantes da página

segunda-feira

O pássaro e o mendigo



Um pássaro passou, em meio à poluição...a estranha beleza imaculada da natureza um lugar achou e pousou;
Um pássaro cantou...para uma multidão dispersa, uma platéia desinteressante e desinteressada;
Mantendo a sua serenidade de valioso artista por excelência, simplesmente daquele lugar voou...ninguém percebeu, ninguém notou;
O belo canário se foi...cena rara e ignóbil dentre uma ignóbil sociedade;
Seu canto não é para ser contemplado pelos gananciosos...seu canto, não é ouvido entre gritos e barulhos...sua voz é sufocada pelo ar infectado de maldade;
Em um meio poluído por fumaça e predadores de toda espécie, ratazanas...seu canto somente foi admirado por um mendigo que com ele se encantou, alguém que também parecia não pertencer àquele local, queria estar longe da cidade;
O sábio pássaro, sabendo que aquele pobre ser, filho da mesma natureza que o criou não dispunha de asas...por ele; todo dia regressou;
Ainda que não tenhamos nada, ainda que não sejamos pássaros e não tenhamos asas...
Embora não sejamos ricos, sejamos considerados muito pouco para sequer nos assemelharmos dentre nossos semelhantes com um nada...
A natureza faz seu espetáculo para nós, o céu é nosso e o chão também...não há de faltar atenção da divina criação, ainda para quem não disponha sequer no bolso, de um vil vintém;
Pássaros vão, pássaros vêm...ao menos estes parecem saber seu propósito...ao menos, ainda que ditos irracionais, parecem se importar com o racional alguém;
Pássaros hão de passar....pessoas também. Estes ao menos sabem de sua condição e seguem seu coração jamais errando, sua direção;
Se a vida e os seres de sua espécie lhe dão as costas....faça o mesmo, e dedique um tempo ao espetáculo de vida ao seu redor...coloque em seu coração as fichas imaginárias e cante ou entretenha ainda que seja a uma criança;
Coloque em um real sentido de viver suas mais altas apostas, pois sabendo que é fugaz...que a paz e um nobre que não seja mero espólio, você deixe após estas andanças...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.