Visitantes da página

quinta-feira

À beira da insanidade


Retrocesso não é caminho e jamais será admitido;
Retroceder é covardia, é repetição do desnecessário, será mais tempo perdido;
Caminhar adiante, achar uma nova rota será preciso;
Olhe adiante, siga em frente, à direita ou à esquerda, seja intrépido ao menos uma vez, seja diferente;
Seja diferente, mas jamais diferente como pensa;
Seja diferente do que penso ser errado, seja diferente do que distinto ser, você pensa;
Seja livre, liberte-se de seus próprios males;
Mas, lembre-se...tudo terá seu preço, inclusive a vigilância constante, por olhos alheios, de sua própria liberdade;
Seja inteiro, seja pleno, pare de ser pela metade;
Se for metade, seja pelo menos a metade que interessa...tanto faz e tanto fará, se esta metade, for ou não sua real essência, se parecer com você de verdade;
Muros estão edificados, à sua frente, em quaisquer direções que pense seguir em seu recomeço, que se parece com um princípio de insanidade;
Muros estão e estarão sempre edificados...transncendê-los será crime. Para seu retrocesso, lembre-se, não haverá piedade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.